Evernote em Português

Para os jornalistas: caso você tenha dúvidas, por favor, contate-nos.
Para os usuários: algum problema usando Evernote? Contate-nos por meio do nosso time de atendimento ao consumidor (em inglês).

 
 
Prepare um roteiro de viagem utilizando o Evernote

image

Nome: Vladimir Campos

Embaixador Evernote: Viagens

Profissão: Economista

Hobby: Leitura

Residência: Brasília, Brasil

Página web: http://vladcampos.com

Twitter: @vladcampos 

Bio: Economista, pós-graduado em Relações Internacionais, consultor, escritor, colunista do Webinsider, blogueiro, membro do podcast iTech Hoje e Embaixador de Viagens da Evernote.

 

Utilizo Evernote em diversas plataformas:

  • Mac
  • iPad
  • iPhone
  • Galaxy Tab

 

Comecei a usar o Evernote porque buscava uma ferramenta que permitisse organizar minhas informações de viagem com flexibilidade e que, ao mesmo tempo, permitisse trabalhar em várias plataformas. O aplicativo evoluiu muito dos primeiros dias em 2008 até hoje e, em paralelo, aprimorei ainda mais os roteiros. Hoje levo comigo em cada viagem uma verdadeiro arsenal de informações dentro do Evernote.

Minha estrutura dedicada a viagens conta com algumas Pilhas de Cadernos. Porém, como seria impraticável descrever tudo neste artigo, focarei na que chamo de “Viagens Nacionais”, na qual guardo Cadernos com os nomes dos estados da federação (UFs) relativos às cidades para onde já viajei ou para onde pretendo viajar.

Reunindo as informações 

O primeiro passo é realizar uma ampla pesquisa na internet. Quando me deparo com alguma dica relativa a algum lugar para o qual pretendo ir um dia, eu a envio para o Evernote através do Clearly ou Evernote Web Clipper. Se a dica aparece em uma revista, imediatamente tiro uma foto e também envio para o Evernote. No caso de uma viagem já com data marcada, vou direto a fontes específicas e faço o mesmo processo. Abaixo, um exemplo do roteiro que construí para o meet-up da Evernote que aconteceu em São Paulo em maio passado e que recortei utilizando o Evernote Web Clipper:

 image

Essa Nota, criada a partir do Web Clipper foi posteriormente ligada à Nota principal do roteiro, no caso, uma viagem a São Paulo. Passeios que desejo realizar, como uma visita a Pinacoteca do exemplo, também ganham uma Nota específica. Nestes casos, prefiro construir a Nota passo a passo com informações coletadas de diversas fontes. O horário de funcionamento, dicas de exposições e atividades extras, preços, endereço e que transporte público utilizar e, finalmente, um mapa que pode ser recortado da seção “como chegar” ou do próprio Google Maps. 

image

Apesar dos serviços Google Maps e similares, gosto de ter sempre à mão o mapas do metrô e também dos principais bairros ou regiões daquela cidade ou país. Cada uma dessas imagens é colocada dentro de uma Nota específica, como a que segue abaixo ilustrando o mapa do metro de São Paulo: 

image

E finalmente, toda essa informação precisa ser concentrada em uma única Nota para acesso rápido. O que eu faço é utilizar o recurso de link de Notas, conforme ilustrado no vídeo abaixo:

Ligo todas as informações coletadas em uma única Nota que será minha principal fonte de consulta durante toda a viagem. Essa Nota que chamo de “Roteiro” é organizada por data. Cada dia ganha os respectivos conteúdos: conformações dos vôos e voucher do hotel listados no primeiro dia da viagem. Nos demais dias, enumero os detalhes de horários e endereços dos principais passeios, mapas do metrô e assim por diante. As próximas imagens ilustram uma mesma Nota “Roteiro” com suas diversas ligações internas: 

image

image

Mantendo as informações sempre à mão

Uma vez construído o roteiro, recomendo salvar todas as informações daquela Caderno em modo offline para que você tenha acesso a todo conteúdo mesmo que por ventura ocorram problemas com sua conexão de Internet na cidade de destino. Usuários Premium podem fazer isso indo até as configurações de conta no smartphone e procurando pelo item “Cadernos offline”.

 

image

O próximo passo é escolher o que deseja fazer. Você pode não baixar nenhum Caderno, baixar todos, ou apenas alguns. Não recomendo nem a primeira nem a segunda opção. Escolha na lista o Caderno da sua viagem e outros que julgar importante.

 image

Caso não deseje se tornar um assinante Premium, recomendo que utilize a opção de assinatura mensal. O valor de US$5,00 é irrisório comparado aos benefícios e que terá. Dentre eles, o principal é a garantia de acesso a todas as suas informações durante aquela viagem. 

Caso deseje informações mais específicas, sugiro que assista o vídeo da demonstração a este respeito que realizei no meet-up da Evernote em maio passado.

  1. evernote-br posted this